Jaguar I-Pace: primeiras impressões

Modelo é o grande concorrente do Tesla Model X, e o primeiro SUV elétrico confirmado para o Brasil. Desempenho impressiona, mas tempo de recarga é ponto negativo.

""

Levou quase 3 anos para que uma fabricante de luxo lançasse um concorrente para o SUV elétrico da Tesla, o Model X, apresentado em outubro de 2015.

A primeira a conseguir colocar no mercado um rival para o americano é a britânica Jaguar, com o I-Pace.

 

Ele já está à venda na Europa, e chega ao Brasil até o final do ano. Os preços por aqui ainda não foram definidos, mas devem ficar entre R$ 350 mil e R$ 450 mil. Guarde essas cifras, pois elas são importantes para definir a faixa de mercado do I-Pace mais adiante.

O I-Pace tem 4 versões, e elas se diferem apenas pelos equipamentos. Todas possuem 2 motores elétricos, 1 em cada eixo. Somados, entregam 400 cavalos e 71 kgfm de torque.


JAGUAR XFR SUPERCHARGED 5.0 V8 510 CV –

VER NA LOJA

 

 

 

Jaguar XF-R ( Racing ) ano 2011, motor 5.0 V8 Supercharged com potência de 510 cv, câmbio automático de 06 velocidades com modo manual sequencial no volante, tração traseira.

VER MAIS IMAGENS

Torque – 63,7 kgf.m.

0-100 km/h em 4,9 segundos.

Único dono, apenas 36.000 km.

 


Dirigindo um elétrico

Acha que dirigir um carro elétrico pode ser monótono? Bastam alguns minutos ao volante do I-Pace para deixar de lado esse pré-julgamento. O Jaguar acelera de 0 a 100 km/h em 4,8 segundos (mesmo tempo de um Porsche Macan Turbo). Mais impressionante do que o tempo no cronômetro, só a entrega imediata de força.

Uma outra vantagem dos carros elétricos é que não há transmissão para roubar parte da potência, que vai direto para os eixos, proporcionando uma condução bastante equilibrada.

A suspensão (que, opcionalmente, pode ser a ar) trabalha muito bem para absorver as irregularidades do solo.

Como todo veículo elétrico, o I-Pace não tem ronco do motor. Quer dizer, quase não tem. O sistema chamado Active Sound Design simula um som metálico (de gosto duvidoso) bastante artificial. É possível escolher entre três níveis de volume.

Nada artificial é a frenagem regenerativa do I-Pace. Assim que o motorista alivia o pé, o I-Pace se prontifica a recuperar a energia cinética, que serve para recarregar as baterias. No caso do SUV, é possível ajustar para alta ou baixa a recuperação de energia.

Haja paciência

Uma das questões cruciais para os veículos elétricos, no geral, era a autonomia. A Jaguar parece ter resolvido esse problema no I-Pace.

Com uma carga completa, é possível rodar até 480 km – distância suficiente para ir de São Paulo ao Rio de Janeiro sem precisar parar para recarregar.

Usando um carregador rápido, de 100 kW (encontrados em estacionamentos de shoppings, por exemplo), é possível ter 80% da autonomia em apenas 40 minutos. Agora, se não houver um equipamento deste tipo disponível, é bom que o motorista tenha um estoque de paciência.

jaguar-ipace.png

FONTE: G1

 

Ver esta oferta no nosso site: http://autoclassicpoa.com.br

Ou ligue: ⠀
(51) 3377-0897⠀
(51) 99924-1830⠀
(51) 99921-5235⠀

Avenida João XXIII nº 453, 91.060-100, Porto Alegre/RS

Anúncios

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: